Pneumotórax


Pneumotórax

Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos.
A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
Tosse, tosse, tosse.

Mandou chamar o médico:
– Diga trinta e três.
– Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
– Respire.
………………………………………………………………………………………………………………………………
– O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.
– Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?
– Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.

BANDEIRA, Manuel. Estrela da Vida Inteira, Livraria José Olympio Editora, Rio de Janeiro: 1965
publicação original:
BANDEIRA, Manuel. Libertinagem. Pongetti, Rio de Janeiro: 1930.
 
Sobre a gravação:
Quarta faixa do lado B do disco “Poesia – Sérgio Milliet – Manuel Bandeira”.
Voz: Manuel Bandeira
Realização: Irineu Garcia
Capa: Fernando Lemos
Conversão para o formato digital: Caio Christiano
O disco foi lançado pela Festa Discos e era o décimo-terceiro volume da coleção Poesia. O lado A continha poemas de e lidos por Sérgio Milliet enquanto o lado B continha poemas de e lidos por Manuel Bandeira. Não há nenhuma data inscrita no disco, mas creio datar do final da década de 1950/início da década de 1960.
Essa faixa está sendo publicada com fins educacionais, não havendo nenhum interesse em infringir os direitos autorais dos proprietários da gravação original.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: